quarta-feira, 8 de abril de 2015

Não Confio em Gente que não Lê #19 - A Elite

Esquece tudo o que eu falei na resenha sobre 'A Seleção' (primeiro livro da série), ser um conto de fadas distópico. ESQUECE! Em 'A Elite', segundo volume da trilogia, a coisa toda fica extremamente mais complicada, mais real e America tem que lidar com a pressão de agradar o país e a família real em meio aos seus sentimentos que, vai por mim, estão bem confusos.

Atenção: esse post contém spoilers sobre o primeiro livro da série!!!



Agora que a nossa ruivinha preferida, candidata a princesa, descobriu que gosta do príncipe, ela entrou de verdade na jogada e está, de coração, competindo pela coroa e pelo coraçãozinho do Maxon. Porém, ela não consegue largar dos sentimentos que tem por Aspen, seu ex-namorado, meio que atual amante-peguete, e está vivendo a sua seleção particular: "Maxon ou Aspen?" Com Maxon também vem a coroa e as responsabilidades de princesa, além da família real de brinde e todo um novo pacote de tretas pra resolver, mas também a possibilidade de trabalhar pelo o que ela acredita e pelo bem de Illéa e do seu povo.

Amo o fato de ela estar sempre consciente que é injusto e insensato ficar nessa dúvida eterna entre o príncipe e o guarda e estar sempre se cobrando uma decisão, porém, a moça é confusa e insegura o que torna essa escolha umas quatrocentas mil vezes mais difícil. Chega a ser engraçado acompanhar a montanha russa que são os pensamentos dela sobre os dois, mas a linha de raciocínio dela sempre faz sentido mesmo mudando o tempo todo. Mesmo porque os acontecimentos no palácio e todo o clima da competição colaboram pra essa indecisão toda. Como o número de meninas no palácio diminuiu consideravelmente a coisa ficou mais acirrada e America tem que lembrar o tempo todo que a seleção ainda está acontecendo e é um jogo.


Esse livro explora muito mais a relação das pessoas com seus cargos e como tudo isso influencia na vida dos personagens. A relação que mais foi exposta foi a do Maxon com o rei. A Kiera foi dando pistas no primeiro livro que os dois não eram exatamente melhores amigos, mas aqui a gente entende qual o nível de complexidade da interação entre os dois e conhece muito mais sobre o temperamento do rei. A história do país também foi muito mais explorada no segundo livro e da pra começar a entender como a sociedade chegou naquele momento, dividida em castas e comandada novamente por uma monarquia.

Na minha humilde opinião a autora conseguiu cobrir tudo o que tinha que ser mais explorado e discutido nesse segundo livro pra que todo o desenvolvimento da história fizesse sentido e pra fazer o leitor ficar se roendo de curiosidade pra saber a conclusão disso tudo. Uma continuação sensacional!

Você pode comprar 'A Elite', clicando aqui.
No Desafio Literário do Tigre, 'A Elite', se encaixa na categoria "Livro Com a Capa Alaranjada"

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Google+