terça-feira, 10 de março de 2015

Book Chrushes - O Top 5

A ideia desse post nasceu depois de ler essa (maravilhosa) postagem do blog So Contagious. Tentei pensar nos sorrisos famosos que mais me encantam e não consegui formar uma lista digna, mas como tenho lido muito ultimamente, lembrei dos meus book crushes, aqueles personagens fictícios que a gente ama e queria que fossem reais só pro mundo ser um lugar mais bonito com pessoas como eles por aí.

Aqueles caras que são tão maravilhosos, mas tão maravilhosos que só poderiam existir no mundo da fantasia mesmo, sabe? Então decidi fazer essa modesta lista dos meus amorzinhos dos livros e alguns motivos para amá-los.

A fotos são só mocinhos (possivelmente atores) que me lembram fisicamente os integrantes da lista.

Príncipe Maxon Schreave (A Seleção)
Meu mais novo book crush e, consequentemente, o mais fresco na memória. O menino é um príncipe, gente, então ele pode pender pra dois lados: ser mimado, arrogante e ter plena certeza de que ele manda e você obedece, ou, ser extremamente educado, elegante, charmoso e bondoso. E Maxon, o jovem príncipe de Illéa, obviamente se encaixa na segunda opção.

Cabelos loiros, olhos escuros, mesclados a uma personalidade forte e bondosa, o moço se esforça pra desempenhar o seu papel como regente da nação e ser levado a sério pelo seu pai, o rei. Enquanto comanda um país ele ainda encontra tempo pra ser gentil com todas as candidatas a princesa e se esforça para enxergar, através delas, a realidade do seu povo.

Ele á uma mescla de inocência e poder difícil de explicar e extremamente fácil de se apaixonar. O bom é que só o título do moço (príncipe) já deixa claro que a gente nunca vai encontrar um desse pra gente. Get over it, miga!

Luke Newberry (O bonitinho ia precisar de alguma malhação antes de
interpretar o Maxon, mas o amor necessário já ta aí, não?)

Cam Briel (Fallen)
Faz uma vida que eu li Fallen, mas me lembro muito bem de ansiar pelo momento em que o Cam apareceria pra desfilar sua pose de bad boy por aí. Cabelos escuros, olhos verdes e rebeldia sem fim. Mesmo quando a história ainda nos fazia crer que ele é um cara mau (bem mau), eu não conseguia deixar de sentir uma coisinha por ele, afinal os caras maus, na maioria das vezes, tem um motivo pra serem assim, não?

E eu perco a paciência muito rápido com os mocinhos super protetores que não conseguem ver a sua amada espirrar sem ficar chorando de preocupação por elas. Ou seja, eu não tinha paciência pro Daniel. Ele á maravilhoso e com desenrolar da história ele vai fazendo mais sentido (MUITO mais sentido), mas o ar aventureiro do Cam sempre me conquistou e me chamou mais atenção do que o anjinho bonitinho que era o Daniel.

(obs bônus: preciso tirar do peito que na minha cabeça o Daniel parecia o Mattew Gray Gubler novinho. Qual é, amigs, o primeiro livro se passa num reformatório, o homem não podia ter aquela beleza estonteante e saudável de parar o trânsito, tinha que ser uma coisa mais exótica...)

Tom Sturridge (Esse aí ta no ponto pra ser o Cam. Ou talvez
o Tom novinho esteja no ponto...)

Jesse de Silva (A Mediadora)
Outra série que parece que tem eras que eu li, mas a paixão pelo Jesse, ah, minha amiga, essa nunca acaba e a gente nunca esquece. Não é spoiler nenhum te dizer que o cara é um fantasma, esse é o ponto da história toda: a Suzannah (personagem principal) é medium, vê fantasmas e tem que resolver as tretas que os falecidos deixaram pra trás pra que eles possam finalmente seguir a luz.

Mas aí ela se muda pra uma casa antiga, onde Jesse de Silva, um latino alto, gostoso, de pele morena e sotaque sensual, morreu há vários anos, exatamente no lugar onde hoje é o quarto dela. Logo de cara ela o rejeita e decide que não, não vai dividir o quarto com um falecido, mesmo um falecido tão delicioso quanto aquele, mas adivinha? O cara além de maravilhoso é sensível e passa a ajudar a menina a resolver os problemas com o restante da galera do pós-vida e a afeição entre os dois só vai crescendo.

Cada vez que o homem chama a Suze de "hermosa", não da pra não derreter de amor. Desde que eu terminei a série eu penso em relê-la só pra reavivar a memória dessa criatura maravilhosa na mente. Esse é decididamente o meu maior e mais antigo book crush.

Santiago Cabrera (Nenhum humano é capaz de chegar a magnificência
do Jesse, mas a gente procura os que chegam mais perto...)

Newt (Maze Runner)
Odeio o James Dashner (autor da série) e se você já leu todos os livros de Maze Runner, você sabe porque (mentira, não odeio o James não). O coitadinho do Thomas chegou na clareira desmemoriado, rodeado de garotos lhe enchendo os pacová e quem se ofereceu como um amigo, como uma pessoa na qual ele poderia confiar? Sim! O Newt!

Acho o ator que interpretou o personagem no cinema uma gracinha e ele pegou bem a personalidade do menino, mas já a aparência física, meus amores... a única semelhança é que os dois são loiros. No livro as madeixas do Newt são longas e ele se destaca na clareira pelo seu físico. Ele é daqueles caras que é calmo o tempo todo, mas que ninguém tenta irritar porque sabe que ele pode fazer um estrago considerável, levando em consideração o tamanho dos seus bracinhos.

Ele é quase um "vice-presidente" da clareira, foi um dos primeiros caras a chegar por lá e, além do físico, ele tem todo um ar de maturidade, é o tipo de cara que você sabe que, se der merda, ele vai estar pronto pra te ajudar.

Não consegui pensar em nenhum ator que me lembrasse
o Newt, mas achei esse desenho muito bom! (aqui tem o desenho original)

Roran Martelo Forte (Ciclo A Herança)
Eragon é meu livro preferido e como eu reli a série inteira pelo menos duas vezes (até agora o único livro que não foi relido, foi o último), tive bastante tempo pra entender o Roran e me apaixonar por ele, que é o primo gatinho do Eragon.

No começo da história o Roran é só um parente do Eragon que ta se mandando pra trabalhar num lugar distante e tem um casinho com a filha do açougueiro e parece que a gente nunca mais vai escutar o nome dele, mas ao longo dos livros o personagem vai crescendo, é incrível o quanto ele amadurece.

Eu amo a evolução do personagem. Como ele se vê na obrigação de cuidar de toda a população do seu vilarejo e como ele lida com todas essas responsabilidades e vai pra batalha pelas pessoas que ele ama. Além, é claro, do físico de guerreiro e a barba de hominho maduro. Coisa linda!

Eoin Macken (MARAVILHOSO! SE MELHORAR ESTRAGA, SENHOR!)

Menções honrosas (porque não da pra citar só cinco e ser totalmente feliz): Ze de 'A Fuga de Furnace', Leo e Nico de 'Percy Jackson e os Olimpianos' e 'Os Heróis do Olimpo', Peeta de 'Jogos Vorazes', Cable da trilogia 'Wake', 'Fade' e 'Gone', príncipe Caspian de 'As Crônicas de Nárnia'. Certamente tem mais uma galera nessa lista, mas acho que os principais estão aqui.

Quais são os seus book crushes? Vem me contar também! \o/

2 comentários:

  1. Também amo o Roran! <3 <3 <3
    Realmente O Ciclo da Herança é tão ignorado e eu não entendo porque! Estou preparando um post no blog sobre a saga para apresentar esses livros maravilhosos a mais gente! :D

    Infinitos Livros

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vc me entende! Da cá um abraço \o/ HAHAHAH!
      Ai, aquele filme horrível que acabou com o interesse das pessoas pela história :((( vou ficar de olho no seu blog p super ajudar a divulgar esse post! hahah!

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Google+