terça-feira, 25 de novembro de 2014

Faz Você Aí #2 - Batom de Giz de Cera


Não lembro exatamente como eu descobri que era possível fazer batom com giz de cera, mas desde que descobri, fiquei maluca pra tentar fazer os meus. Não costumo me aventurar muito no mundo do 'Do It Yourself', tanto que quem começou essa coluna foi a minha irmã, mas depois de assistir e ler vários tutoriais, nenhum deles me pareceu assustador, então fui em busca dos ingredientes.
Eu me baseei em dois vídeos pra fazer a minha "receita" de batom. Nesse da Priscila Lucena, e esse da Promise Phan. A diferença entre eles é que a Promise usa vaselina e a Pri não, e como uma das ressalvas da Pri foi que os batons dela ficaram bem sequinhos e difíceis de aplicar sem um hidratante labial antes, decidi seguir a receita dela, com óleo de coco extra virgem, mas acrescentei um pouco de vaselina também.


Ingredientes:
. Giz de cera (encontrado em qualquer papelaria)
. Óleo de coco extra virgem (encontrado em farmácias de manipulação)
. Vaselina sólida (encontrada em qualquer farmácia comum)
E na foto também tem os potinhos que eu usei pra guardar os batons e que eu achei numa lojinha de bugigangas perto de casa.


Modo de preparo:
É bem fácil mesmo! É só pensar na cor final que você quer, pegar as cores que, misturadas, resultarão nela (clique aqui pra ver um diagrama de mistura de cores), colocar num recipiente de vidro com duas colheres de chá de óleo de coco e mais ou menos meia colher de chá de vaselina. É bom quebrar o giz porque assim ele derrete mais fácil e você também consegue dosar melhor o quanto quer acrescentar de cada cor. Aí é só levar pro fogo em banho maria e esperar o calor fazer a sua mágica, derreter e misturar tudo, pra depois colocar nos potinhos. Depois disso é só deixar esfriar. Eu coloquei os potinhos na geladeira por 10 minutos e já foi suficiente pra eles endurecerem e ficarem com a consistência final.


Mas eu tenho alguns conselhos pra deixar o processo mais fácil e seguro! Coloque o recipiente de vidro na água quando ela ainda estiver fria ou morna, não espere ferver. Depois de fazer o meu primeiro batom, deixei a água fervendo pra fazer o segundo, mas tive que lavar o potinho de vidro pra não misturar cores indesejadas, coisa que fiz usando água fria. Mas quando coloquei o vidro de volta na água fervente ele estourou e eu tive que sair correndo pra encontrar outro potinho de vidro e transferir a mistura do batom antes que ele "desandasse". Mas aí foi só deixar a água da panela esfriar um pouco entre um batom e outro que deu tudo certo e eu não inutilizei mais nenhum recipiente de vidro.
É bom limpar o potinho de vidro quando ele ainda estiver quente, porque se não a mistura que sobra nele esfria e fica bem difícil de tirar. Segure o vidro com um paninho enquanto ele ainda estiver quente, jogue detergente dentro e lave normalmente a partir daí, só tomando cuidado pra não se queimar.
Preste atenção antes de colocar a mistura nos potinhos, veja se todas as cores ficaram bem misturadas e se não sobrou nenhum "teco" de giz inteiro. E é só isso! \o/

O primeiro que eu fiz foi o roxinho, o segundo foi o coral, o terceiro foi o vermelho e o último, como eu estava sem mais ideias, mas estava divertido misturar cores, foi o verde (que era pra ser um verde água, mas ficou só um verde clarinho).


 


Mas e aí, da pra usar? Da! A pigmentação não é das melhores, mas é só insistir nas camadas que a cor vai aparecendo. A vaselina realmente deixou ele mais fácil de aplicar, além de hidratar os lábios então também da pra usar em dias frios como hidratante. A durabilidade também não é sensacional, mas por não conter nada que auxilie na fixação ele até que dura bastante sim.
Além de ser estupidamente legal escolher as cores e ficar assistindo o resultado aparecer. Se você ficou curiosa, faça aí na sua casa também porque é muito fácil e divertido! <3

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Google+