terça-feira, 3 de setembro de 2013

Compulsiva

Quando a ideia de postar no Pequena Schall surgiu, Priscila e eu estávamos almoçando e na TV estava passando Os Delírios de Consumo de Becky Bloom, filme inspirado em uma série de livros que eu absolutamente adoro! E foi daí que veio a ideia do meu primeiro post ser sobre o filme, juntando ao mesmo tempo minha apresentação e a dica de uma historia legal.

Começando do começo, ou seja, quem é essa pessoa que já sai falando e nem se apresenta? Meu nome é Julia e eu não sou uma Schall =(. Conheci a Pri e a Nay em 2007 e de lá  pra cá muitos fandoms já passaram por essa amizade além de alguns shows e muitas fotos. Tenho 20 anos e no momento estou fazendo duas faculdades ao mesmo tempo. Sanidade e tempo livre não são meu forte, assim como discrição e auto-controle. E é aí que a Becky entra na minha vida.


Rebecca Bloomwood, personagem criada pela autora Sophie Kinsella, é uma consumidora compulsiva que escreve sobre finanças pessoais e tem muitas dividas. Ela passa a maior parte do primeiro livro fugindo das cobranças do banco e se enrolando mais e mais a cada página. No total são 6 livros divertidíssimos que eu já li e reli muitas vezes.


Becky ´ essencialmente quem me fez gostar de moda e de compras e quem me ensinou o verdadeiro valor de uma promoção (não que isso seja uma coisa boa, afinal, ela vive endividada e eu não sei cuidar das minhas finanças pessoais). Mas Becky é original, e no seu exagero ela mostra que tudo bem ser como você é, seja consumista, comedida, endividada ou sei lá o que você seja, desde que consiga sair das suas confusões, mesmo que seja com alguma ajudinha.
Em 2009 o livro virou filme, e é ai que a coisa complica. Acho que as escolhas dos atores foram ótimas (apesar de preferir que Becky fosse interpretada por Amy Adams ao invés de Isla Fischer), mas a Becky do livro é super bem vestida e a Becky do filme é... meio brega. Não consigo engolir que os produtores do filme achem que a Becky é tão Fashion Victim a ponto de ser exagerada e vestir isso:


É, sem comentários...
Mas tirando os looks da Becky, o filme captura muito bem o espírito do livro. Principalmente Luke Brandon, o melhor personagem da face da terra (não vou dar spoilers, se quiser saber por que ele é perfeito vai ter que ver o filme ou ler o livro).

Becky com Luke <3
Para o entretenimento o filme é muito bom se não for levado muito a serio, e é claro que o livro é muito melhor, mas também que livro não é melhor que o filme?



Um comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Google+