sábado, 21 de setembro de 2013

A Rosinha da Inveja


Na última sexta-feira, dia 20 de setembro, fui pra faculdade levando comigo uma rosa. Saí andando com a florzinha por aí, já esperando perguntas do tipo "ganhou do namorado?", e "hhhmmmm" caso encontrasse com alguma amiga. Não sei você, mas quando vejo pessoas passeando por aí com flores, me pergunto de onde elas vieram. As flores, eu digo.
Lembro de ter sorrido junto com uma menina que segurava uma rosa junto ao peito, e ter parado pra observar um rapaz apressado carregando um buquê de flores, e ficar imaginando uma caixinha que acomodava um anel, no bolso de trás do jeans dele. Não me recordo de ter relacionado a imagem de alguém carregando flores, com algo ruim.
Então imagine a minha surpresa quando, além de a rosinha ter atraído muitos mais olhares pra mim do que eu jamais poderia ter imaginado, ela despertou olhares matadores de praticamente todas as mulheres que regulavam de idade comigo e, por algum motivo, cruzaram meu caminho. Meninas que eu já havia visto muitas vezes, andando pela faculdade, e nunca tiveram nenhum tipo de comunicação comigo, me lançaram alguns dos olhares mais venenosos que eu já vi nos meus vinte e poucos anos de vida. A conclusão a qual cheguei foi: se não for dia das mulheres, não é permitido pra uma mulher andar com uma rosa por aí. Se você não ganhou uma flor, eu também não posso ter ganhado. Ta certo isso?
Queria dizer algumas coisas pra essas meninas que, muito provavelmente, criaram roteiros de filmes inteiros dentro das suas mentes, nos quais eu conquistaria um homem do qual não seria merecedora. Eu comprei a rosa pra mim mesma! Saí da estação de metrô, avistei uma moça simpática vendendo rosas e sem pensar muito, decidi que eu merecia uma flor. O que era pra ser só uma maneira de ser gentil comigo, me dar um pouco de atenção, virou um experimento social.
Não vou dizer que nunca invejei ninguém, estou bem longe disso na verdade, mas isso me pareceu um exagero absurdo. Inveje menos e se valorize mais, girlfriend! Talvez o mundo precise de mais flores que consigam ser bonitas sem precisar ofuscar a beleza de todo o resto do campo num dia de primavera.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Google+