segunda-feira, 12 de março de 2012

Next Generation Fest em SP

No último sábado, 10 de março, eu e a Pah (@pahtrombetti), saímos de Caieiras (pra quem não sabe, eu moro na longinqua Caieiras) tagarelando sobre coisas aleatórias e bem desacreditadas do show para o qual estávamos indo, o Next Generation Fest, organizado pela Web Rockers. Clique aqui para conferir as bandas que tocaram.
De tão desacreditadas, largamos mão de chegar na hora e perdemos o primeiro show que foi da We Are The in Crowd, mas como estávamos indo como apreciadoras do estilo musical e não das bandas em si, tudo bem. E não é todo dia que acontece em São Paulo um show com três bandas internacionais por R$50,00, então nós aproveitamos a oportunidade.
Depois de fazer amizades na fila do bar, e ver algumas caras conhecidas, fomos pra perto da grade, já que estava bem tranquilo, o Carioca Club estava cheio, mas não lotado. Não demorou pra que A Rocket to The Moon subisse ao palco e a galera começasse a gritar, mas o mais legal: sem empurra empurra absolutamente nenhum.
Eles tocaram desde baladas como 'Like We Used To' e 'Baby Blue Eyes' até o pop rock animado de 'Mr. Right' e 'Anabelle'. Todo mundo cantou junto e eles comentaram que encontraram no Brasil a platéia mais animada até aquele dia, que as pessoas nos Estados Unidos assistem aos shows deles de braços cruzados, o que bastou pra que a pequena, mas animada platéia soltasse ainda mais a voz durante as músicas.
Preciso dizer que não senti toda essa empolgação da parte deles. A banda foi ótima e segurou a galera na boa, mas senti falta de um contato maior, ou mais sincero com o pessoal. Mas enfim, eu já tinha cantado e pulado durante 'Dakota' então achava que a noite já tinha valido a pena.

Like We Used To


Anabelle (só da pra escutar as meninas cantando em volta da câmera o_o', mas da pra ter uma noção de como eles agitaram o pessoal :D)


Baby Blue Eyes (a platéia cobriu a voz do Nick! De emocionar! Sério!)


Como nem eu e nem a Pah éramos grandes conhecedoras de The Ready Set, que tocaria o último show da noite, compramos alguma coisa pra beber e decidimos ir mais pra trás temendo que a calma que estava instalada durante o show de A Rocket to the Moon não permanecesse durante o show da banda que tinha o nome estampado numa enorme bandeira atrás dos instrumentos.
Pois bem. Descobrimos que não é necessário conhecer nenhuma música dele pra poder aproveitar o show. Mas aproveitar de verdade, pra ficar com o pescoço doendo no dia seguinte (coffMeuCasocoff). Descobri também que, na verdade, eu conhecia mais músicas do que imaginava. A bebida que estava na mão, foi toda pro chão, logo na primeira música.
Jordan Witzigreuter tem uma vibe inacreditável e presença de palco senssacional, ele te faz querer pular. Bastou que ele cantasse os primeiros versos de 'The Ghost of LA' pra fazer absolutamente todo mundo parar o que estava fazendo pra olhar pro palco. Isso sem falar da simpatia, não só do Jordan como de toda a banda que conversou com a platéia durante o show inteiro, jogaram quase tudo que estava ao alcance das mãos no meio da galera e perguntaram se eles podiam morar no Brasil.
Não sei proque raios colocam tanto efeito na voz do Jordan nas gravações em estúdio. Ele é genial ao vivo, umas 300 vezes melhor do que nos cds. Na minha humilde opinião 'Young Forever' foi o ponto alto da noite, eu, pelo menos, simplesmente não consegui ficar parada um segundo.
O show foi encerrado, obviamente, com 'Love Like Woe'. Quem não tinha pulado até ali, não teve como ignorar a energia que emanava da banda e dos fãs durante a última música.
Acho que show bom é aquele que você não consegue registrar nada durante ele, não da pra tirar foto, nem pra filmar, porque você não quer perder nenhum segundo do que ta acontecendo no palco. O show do The Ready Set foi assim.
Todos os vídeos que encontrei estão loucamente tremidos, o que, na verdade, só comprova o que eu acabei de escrever. ;D

Spinnin' e Killer


Young Forever


Love Like Woe


A organização da Web Rockers foi sensacional. Tudo começou e terminou no horário previsto, os sorteios prometidos foram feitos, os produtos que estavam sendo vendidos estavam em preços ótimos, tudo de altíssima qualidade, enfim.
Os shows foram incríveis e a vibe estava insana. Nem preciso dizer que foram os R$50,00 mais bem gastos da vida, preciso?

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Google+